Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Conservadorismo mudancista

Artigo também postado no portal wscom.com.brNo presente momento, data do prazo final das coligações partidárias, as principais atenções do mundo político estão voltadas para os acertos das chapas majoritárias de governador e senador, com pouca ou nenhuma atenção para as chapas proporcionais de deputados. Trata-se de uma arraigada e persistente tradição brasileira e um grave equívoco analítico, pois o mapa da correlação de forças políticas só pode ser considerado completo examinando, mais além das coligações majoritárias, o jogo mais disperso de quem será eleito para a Câmara Federal, as Assembléias Legislativas (a que se deve somar o Senado Federal, eleito majoritariamente).Avento algumas hipóteses sobre as eleições deste ano, tendo em vista as eleições parlamentares. Atualmente, são quatro os grandes partidos brasileiro em termos de representação parlamentar (PMDB, PT, DEM e PSDB). As urnas de 2010 deverão reduzir o número dos grandes partidos a três. É praticamente certo – principal…

A rede

Fidélia Cassandra Jaldes Reis de Meneses

Todo o heroísmo, Ulisses, não vale uma trama
Desfeita no tempo da rede de Penélope.
Todo o teu heroísmo, Ulisses,
Sequer vale uma lágrima, uma angústia,
O sangue derramado dos dedos delicados
De Penélope.

Ondas do mar não valem lágrimas...
Ondas do mar destroem e constroem sonhos.
Lágrimas descem e molham os bordados de Penélope –

desbotando-os.
Todo o heroísmo de Ulisses não vale uma trama
Desfeita no tempo da rede de Penélope.
Todo heroísmo desfaz-se dentro das redes
Onde se debatem os peixes.