Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Mídia Ninja

Jaldes Meneses[1]
Poucas vezes vi um enxovalhamento moral tão rápido na imprensa como o que passou o tal de Pablo Capilé e seus consortes do movimento “Fora do Eixo”, responsável pela cobertura ao vivo das passeatas de junho na internet através da “Mídia Ninja”, que passou de príncipe a sapo em questão de segundos. É preciso saber separar o joio do trigo. Quando aconteceu o quebra-quebra do Leblon, acompanhei madrugada adentro pela internet os imagens tremidas do Mídia Ninja. De imediato, comparei o cobertura livre que via às da Guerra do Iraque e do 11 de Setembro pela televisão, quando as imagens espetaculares foram filtradas, através do trabalho dos correspondentes de guerra e dos canais a cabo, em comum acordo com os interesses do Departamento de Estado Americano. Na cobertura anárquica do Mídia Ninja, ao contrário, não se vê a presença do Estado, por mais que se queira implicar com os editais públicos ganhos pelo Capilé e seu pessoal. Incomodada com a liberdade, a crítica da grand…

Dos Black Blocs à Mídia Ninja

Jaldes Reis de Meneses O leitor de literatura de esquerda no começo dos oitenta, especialmente a literatura autonomista (Cornelius Castoriadis, Toni Negri, Raniero Panzieri, entre os estrangeiros, e Éder Sader, Marilena Chauí e Marco Aurélio Garcia, entre os nativos) tinha uma resposta chavão na ponta da língua para explicar as greves do ABC e a fundação do PT: vivíamos um “momento instituinte”, uma daquelas raras oportunidades históricas em que uma brecha se abre e, mais que novas organizações, uma nova maneira de fazer política é inventada. O espectro dos fabulosos anos oitenta brasileiros novamente volta a assombrar: vivemos realmente um “momento instituinte”? 

Faço um pequeno corte de depoimento pessoal. Estive a 15 dias em um estimulante debate, na condição de convidado como um dos expositores (junto com o Professor Ângelo Emílio e um participante do Movimento Passe Livre, de cujas falas aprendi), promovido pela ANPUH-Paraíba (a Associação dos profissionais de História), a respeit…